YOU GOT YOURSELF A BAD HABIT
index
staff
links
credits
you got yourself a bad habit
Últimos assuntos
» Anúncios da Staff
Seg Mar 21, 2016 12:47 pm por Halsey

» Perfil Extendido
Dom Mar 06, 2016 12:44 am por Halsey

» Basic Info
Sab Fev 27, 2016 6:31 pm por Halsey

» Forum Rules
Sex Fev 26, 2016 2:07 pm por Halsey

» Canonlist
Qua Fev 24, 2016 9:16 am por Halsey


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP]Blackwood, Christian

Mensagem por Convidado em Sab Nov 22, 2014 10:40 pm

Christian M. Blackwood
Christian Maynard Blackwood


player: Andy

idade: 17 anos

experiência: Aproximadamente uns 4 anos

apelido: Andy
「 INFO 」
Christian Maynard Blackwood
Chris, Unicorn, Phoenix
Vinte e dois anos
Armand e Catherine Blackwood
Americano
Lovers, Actors, Hipsters
「 PERSONALIDADE」
O belo loiro de penetrantes olhos poderia ser descrito como uma pessoa calma e inocente à primeira vista, entretanto, há o motivo de Chris ser reconhecido artisticamente como Phoenix; seu fogo é incrivelmente atrativo em cena e em fora dela, descrito como ninfomaníaco por muitos devido à sua capacidade de conseguir atuar por horas sem conseguir se satisfazer. Para alguns isso seria apenas muita vitalidade guardada num corpo cultural de um belo loiro, porém para ele próprio aquilo é uma verdadeira distração para a falta de amor em sua vida, negligenciado por seus pais e seus diversos amantes. Os homens e mulheres na vida do garoto, a cada um que passava, deixava uma marca, uma ferida, a cada "não é você, sou eu", "temos de terminar", "não te suporto mais" e "quero terminar" as feridas tornavam-se profundas, cortavam-lhe o coração do pobre loiro em mínimos pedacinhos jogado aos cães. O loiro é dramático ao ponto de ser irritante e teatral, conseguindo atuar incrivelmente bem, entretanto, uma série de eventos desafortunados destruíram seus sonhos completamente, tornando-o um pouco amargo e desesperançoso por dentro, encontrando apoio e suporte no mundo onde todos poderiam ser de qualquer um, onde qualquer um transava com qualquer um sem preocupações, e ainda ganhavam remuneração por isto. Chris embalou-se numa onda de odes loucas de sexo e drogas, entregando-se aos prazeres da vida para hoje ser uma pessoa calma, preferindo a calma de sua casa longe de festas, apenas indo quando é necessário ou para exercer seu trabalho como ator. Ele prefere resguardar-se em seu próprio mundo; um mundo de fantasias onde há o pote de ouro no fim do arco-íris, onde há uma ilha bela e exótica no fim do oceano, onde ele possa ser amado e amar eternamente.
「 HISTORIA 」
Nascido em São Francisco, Califórnia, filho de Catherine e Armand Blackwood, o belo loiro de olhos azuis fora o primeiro filho do casal a vir ao mundo, sendo recebido com esmero pela loira de olhos verdes cor de esmeralda e pelo ruivo de olhos tão azuis quanto o oceano. O filho fora premeditado, fora planejado, então havia bastante brinquedos, roupas e um quarto inteiro feito para o garoto, que desde cedo fora mimado e bem cuidado pelos pais atenciosos. Armand era um empresário rico que trabalhava no centro da cidade, sempre ocupado porém sabia separar os dias importantes para ficar com o filho, já Catherine veio de uma família de classe média, entretanto tinha uma personalidade firme e decidida, e havia concluído recentemente a faculdade de medicina quando conhecera Armand, com quem veio a casar e construir sua família. Desde cedo, Chris era uma criança carinhosa e gentil, mostrando eloquência em seus gestos e no modo de falar, sempre dócil e inteligente, crescendo cada vez mais cativante.

Alguns anos depois, viera ao mundo Samantha, a amada irmã que Chris sempre amara e nem por um segundo teve inveja ou ciúmes. Até então, a família era perfeita, eles tinham um gato negro chamado Dean, inclusive. Porém Catherine surpreendeu a família quando avisou que teria de fazer uma viagem para usar suas funções de médica no Afeganistão, deixando o marido em choque. As crianças não compreendiam a magnitude do problema, tinha a fé de que sua mãe iria apenas curar as pessoas com seus super poderes e logo voltaria bem. Para o azar deles, ela nunca voltara. Catherine havia sido baleada no meio da guerra e infelizmente morrera, deixando para trás um belo esposo e dois filhos. Criando os mesmos com amor e cuidados, Armand cuidou das crianças da melhor forma que pôde, apesar das constantes babás, afinal ele trabalhava o tempo inteiro.

O tempo aos poucos passava e os irmãos cresciam, tornando-se mais que belos. A inteligência dos dois era incrível, eles eram lindos e atrativos aos olhos de todos, à medida que cresciam e tornavam-se mais bem desenvolvidos. Aos 18 anos, Christian ingressou na faculdade de dramaturgia, seu grande sonho. Até então, o loiro, como o bom sonhador que sempre fora, imaginava seu mundo perfeito construído e transportado para a realidade, onde ele encontraria o amor de sua vida e seria feliz. Logicamente, ele tinha seus dramas, seus namoros não funcionavam e isso às vezes culminava em ataques de melancolia e nostalgia pura. Ele se saía bem na faculdade, porém, algo horrível lhe acontecera. Havia um grupo de jovens veteranos que amavam tirar brincadeiras impróprias com os novatos, e decidiram fazer algo com o pobre loiro.

Primeiramente, doparam-no numa festa e, após ser estuprado e ter perdido sua virgindade por obra de 7 pessoas, o loiro fora jogado apenas de suéter num corredor escuro no meio da cidade, milhas de distância da faculdade. Sozinho, no frio e no meio da madrugada, ele correu riscos, mas chegou inteiro na faculdade, o que causou um alarde ao verem o loiro ali, basicamente vestindo apenas um pedacinho de roupa e cheio de hematomas. Por dias, ele evitou falar aquilo para o seu pai ou para sua irmã, e quando seu pai ameaçou ir ver o que ocorria com eles, ele logo tratou de contornar toda a situação mentindo, dizendo que estava bem. Entretanto, o loiro não estava; ele estava péssimo, todos já sabiam da péssima fama do garoto, viam-no com segundos olhos e o vídeo de 25 minutos e as fotos dele "transando" foram vistas por todos. Isto se espalhou mais rápido que qualquer vídeo por todo o campus de uma das melhores faculdades de São Francisco, e logo ele decidiu sair de lá. Nada valeria ficar ali por mais nenhum segundo.

Christian então partiu para a grande Los Angeles, lá, chamou a atenção de um fotógrafo que caçava jovens belos. Ali, o garoto tinha seus 19 anos, e logo ele se tornou modelo, por um longo tempo, e durante a noite ia para uma faculdade privada, onde ninguém o reconheceria. Lógico, seu pai com o tempo descobriu sobre o ocorrido, e à pedido de Chris, Armand nunca contou até hoje sobre o estupro para Samantha. O garoto concluiu a faculdade, ingressando numa ótima companhia de teatro, não ganhando muito estrelato, porém era o suficiente para ele poder viver e ser reconhecido por seu trabalho. Atuando, ele também dedicava-se à carreira de modelo fotográfico pelo fotógrafo que o convidara assim que chegara à Los Angeles. Aos 21, apaixonou-se finalmente, porém os traumas passados ainda permaneciam na memória como feridas nunca cicatrizadas, no mais profundo de sua alma. Com o passar do tempo, cada namorado dele ficava irritado; Chris recusava-se a ter relações, odiava que encostassem nele ou sequer chegava perto de bares ou de álcool. Ele aos poucos sentia que viraria frígido pelo o resto de sua vida.

O mesmo fotógrafo que havia descoberto Chris, que aliás, chama-se Juan, viu quão belo ele poderia ser. Juan era não só fotógrafo de modelos para Calvin Klein dentre outras empresas, mas também fazia fotos sensuais para um privado clube. O teatro desandava, estava próximo da falência e sem chances de escolhas, ele entregou-se, fazendo um ensaio mais que perfeito, desde sua dança no mastro até a chuva de confetes caindo do céu, ele com sua calça de couro branca e as asas enormes, remetendo o loiro como um perfeito anjo, enquanto Gods and Monsters tocava ao fundo. Seu sucesso fora então garantido, sua permanência em Los Angeles seria permanente, ele ficaria bem, então logo de fotos sensuais passou para ensaios, até ele ser convidado para participar de uma produtora de filmes para maiores. Primeiramente, eram filmes solos, logo vieram as mulheres, logo, filmes bissexuais, logo, ele fazia principalmente filmes bissexuais e outros principais - e mais lucrativos - voltado para o público homossexual, garantindo um lugar fixo neste maravilhoso e misterioso mundo de Los Angeles; a cidade dos anjos caídos, onde ele era só mais um anjo vivendo na terra de deuses e monstros.
Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP]Blackwood, Christian

Mensagem por Convidado em Dom Nov 23, 2014 5:29 pm

FICHA APROVADA!
Seja bem-vindo!
Primeiramente, gostaria de observar que para a primeira ficha finalizada do fórum, você foi muito bem!
Deu pra ver que deu uma pesquisada boa no funcionamento do fórum e montou um personagem simples e prático, com bastante espaço para evoluir no decorrer das tramas. Parabéns.

Sobre a história, gostei como ela teve seus altos e baixos, só acho que poderia ter explicado melhor o impacto que isso teve nos irmãos, imagino que a vida deles mudaria muito após a morte da mãe. Também houve este problema com o impacto das ações quando ele do nada supera o medo dele de ser tocado e se torna ator pornô, sem mais nem menos. Poderia ter explorado melhor este lado dele, o estupro em si e ter usado isso como o motivo de sua fixação sexual, a qual você sequer mencionou na história.

Quanto ao personagem, sem pun intended, espero grandes coisas dele. Escolhestes um ótimo ramo aqui pra o fórum. O de ator, claro. haha

Pelo bom trabalho e força de vontade, estaremos lhe presenteando com $700 dólares, que somados ao seu montante inicial de $1000 deverão lhe dar o suficiente para adquirir um apartamento e começar seus trabalhos. Seja muito bem vindo e espero que você alcance o estrelato. Muito sucesso para ti.

Atenciosamente, Dream.

Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum